Manuel Lima
UX Design Manager | Google (orador TED)

Manuel Lima é um designer, autor, conferencista e investigador português residente em Nova Iorque. Manuel é Fellow da Royal Society of Arts (FRSA), Londres, fundador de VisualComplexity.com, Diretor de Design na Google, e professor na Parsons School of Design. Manuel foi nomeado pela prestigiada revista americana Creativity, como “uma das 50 mentes mais criativas e influentes de 2009”. Manuel Lima é uma voz activa na área da visualização de informação, tendo falado em inúmeras conferências, festivais, e universidades em todo o mundo, tais como TED, Lift, OFFF, Eyeo, Ars Electronica, Harvard, Yale, MIT, Royal College of Art, NYU Tisch School of the Arts, ENSAD Paris, University of Amsterdam, MediaLab Prado Madrid. O seu trabalho foi mencionado em inúmeras publicações e meios de comunicação social, incluindo WIRED, New York Times, Science, Nature, BusinessWeek, Forbes, Fast Company, The Guardian, BBC, CNN, Design Observer, Creative Review, Eye, Grafik, Étapes, El País, Visão e Expresso. O seu primeiro livro Visual Complexity: Mapping Patterns of Information foi traduzido para Francês, Chinês, e Japonês. O seu mais recente livro The Book of Circles: Visualizing Spheres of Knowledge, publicado em Maio de 2017 pela Princeton Architectural Press em Nova Iorque, explora mais de 1000 anos de cultura visual através do símbolo do círculo, combinando um sem número de disciplinas e áreas do conhecimento humano. Com mais de 12 anos de experiência na criação de produtos digitais, Manuel Lima trabalhou para a Microsoft, Nokia, R/GA, e Kontrapunkt. Manuel licenciou-se em Design na Faculdade de Arquitectura da Universidade Técnica de Lisboa e em 2005 completou o mestrado em Design e Tecnologia na Parsons School of Design, em Nova Iorque. Para este propósito recebeu três bolsas de estudo, respectivamente da Fundação Calouste Gulbenkian, Fundação Luso-Americana, e a bolsa do Reitor da Parsons School of Design. Durante o mestrado, Manuel Lima trabalhou com o Siemens Corporate Research Center, American Museum of Moving Image, e Parsons Institute of Information Mapping em projectos de investigação para a National Geo-Spatial Intelligence Agency.